16 de set de 2007


Estava eu agora pouco, na cozinha da casa aqui de Sorocaba, atacando um pedaço de pizza gelada, que tinha sobrado do jantar. Aliás, tem coisa mais gostosa nessa vida do que comer pizza gelada em plena madrugada?

Mas, enfim, estava fazendo a festa na cozinha quando escuto meu pai aumentando o volume da TV para poder escutar o cantor Leonardo “dando uma palhinha” no programa Altas Horas.

Ele começa a cantar Um Sonhador. Eu também. “Eu não sei pra onde vou/Posso até ficar sozinho/Minha vida segue o sol/No horizonte dessa estrada”.

Minha mãe chega na cozinha e olha seu filho lascando o gogó de boca cheia e batendo o pé no chão. "Bonito, hein, caipirão!".

Óbvio que eu engasguei e soltei um tímido muxoxo. Depois, já no quarto e comendo outro pedaço de pizza (hehe), comecei mentalmente a cantar só o "besto of" de Leandro & Leonardo: Eu Juro; Desculpe, Mas Eu Vou Chorar; Entre Tapas e Beijos; Não Aprendi a Dizer Adeus; Pense em Mim; Festa de Rodeio e aquela do "então esfrega, requebra e acende o fogo da comadre", que é genial.

Daí eu fui mais fundo em minha memória e lembrei que quando pirralho, na minha infância em Tupã, eu adorava comprar os gibis do Leandro & Leonardo.

Cacetada, como eu já fui brega!

OBS: Sensacional esta minha montagem feita no Paint, hein! Photoshop é para fracos.

Nenhum comentário: