17 de mai de 2010

Justin Bieber vira 'Justin Biba' em paródia virtual de Helio de La Peña

 
“Sou pequeno pra sair do armário, mas nunca deixei de olhar pro Mário”. Quem imaginaria ver o fenômeno teen Justin Bieber cantando isso em frente às câmeras, com as mãos no bolso do inseparável moletom e balançando a franja ao mesmo tempo?

 O casseta Helio de La Peña e o grupo de humor Galo Frito imaginaram. Os comediantes produziram para a internet uma paródia do clipe de “Baby”, o maior sucesso do cantor adolescente. O vídeo, lançado com exclusividade pelo G1 nesta segunda-feira (10), traz o artista questionando sua própria sexualidade.

“Essas meninas ficam comigo para eu parecer machinho, mas ninguém me dá tesão como o Renatão”, canta a atriz Patrícia dos Reis, caracterizada de Bieber – “Justin Biba”, no caso.

O Galo Frito é formado por alunos de publicidade da cidade de Itajaí (SC), que em 2006 exibiam seus trabalhos no canal de TV da faculdade. Com a revolução do vídeo que o YouTube proporcionou a jovens filmmakers do mundo todo, eles também passaram a publicar seus materiais no portal de vídeos do Google.

 Desde então, já fizeram para a web curtas, séries (caso da recente “Perdidos”, uma sátira a “Lost”) e esquetes. A trupe fez sucesso mesmo após o vídeo “Dancing Lula”, uma montagem que trazia o presidente nacional dançando ao som de Daft Punk.

Para este ano, a novidade principal são as paródias de videoclipes: os roqueiros coloridos do Cine foram as primeiras vítimas. “Foi um desafio gravar a música, fiquei cerca de 1h30 cantando sem parar para poder chegar num tom bom”, ri Mederijohn Corumbá, quando perguntado sobre como conseguiu imitar o fiapo de voz de Bieber, um cantor de apenas 16 anos.

Pego de cuecas
No clipe, Hélio faz o papel do rapper Ludacris, que participa da música original. O próprio comediante admite que não conhecia Bieber até a produção do clipe. Ele aceitou o convite para entrar na brincadeira a partir de um blog, que lhe recomendou o trabalho do grupo.

“Hoje a gente vive a velocidade da informação, a interatividade entre o criador e o público consumidor. O fã fala comigo quando estou em casa de cuecas! É uma troca mais intensa, mas bem bacana”, explica de La Peña.

 A equipe do Galo Frito é quem paga por toda a produção de seus filmes. Quando souberam do interesse de Hélio, não pensaram duas vezes em viajar até o Rio. “É tudo pelo amor à arte”, resume Corumbá, que diz ter se emocionado ao trabalhar com o integrante do “Casseta & Planeta”. “Nunca imaginei que um dia estaria dirigindo um grande mestre do humor. O Hélio é muito aberto a novidades da internet e quer entrar cada vez mais nesse mundo”, acredita.

“A galera agora vem da internet, do YouTube e de performances stand up. Hoje tem mais gente produzindo, mas, por outro lado, você tá concorrendo com mais pessoas. A rapidez de hoje é a grande diferença. A gente pode entender melhor o que o público tá querendo. E o admirador também tem mais mecanismos de cobrar qualidade, de reclamar quando não gosta.”, explica de La Peña, que se diz um entusiasta das tecnologias digitais.

“Quando surgimos (o 'Casseta & Planeta' é uma fusão dos jornais ‘Casseta popular’ e ‘Planeta diário’), criávamos uma piada que chegava ao leitor dois, três meses depois. Hoje ela chega um segundo depois que você publica”, compara ele, que já pensa em utilizar Justin Bieber no humorístico da TV Globo.

“O clipe ficou bem divertido. Fizemos piadas com o Jonas Brothers, com o McFly, a banda Fresno vai ao ar nesta terça-feira (11), o NX Zero tá vindo gravar com a gente... Quem sabe não pinta o Justin por aí!”


* Matéria publicada no G1 em 10/5/2010

Nenhum comentário: