22 de mar de 2010

Ma che! Entrevistamos a Nair Bello do Twitter


 A atriz Nair Bello nos deixou há três anos, mas sua irreverência e jeitão “italianado” continuam vivos no Twitter. Um dos perfis que-mais-valem-a-pena-seguir no microblog é justamente um que presta uma grande homenagem à nonna: o @nairbello.

Criado por um grande fã da comediante, o fake é dos mais populares – uma de suas expressões, o “ma che”, já é moda entre os tuiteiros. De tão famosa, inclusive,“Nair” já virou fonte de jornais quando o assunto é Big Brother Brasil.

“Eu achava extraordinário que ela risse em cena, deixava todas as piadas muito mais interessantes. Ela tinha um senso de humor espetacular, e se permitia rir onde quer que fosse, até em velórios. Isso para mim é um exemplo: a vida não pode ser levada tão a sério. Quem compreende isso gosta do perfil da Nair no Twitter”, explica o fake por trás da @nairbello.

O autor não revela seu sexo – “gosto muito”, responde -, ou  idade (“a partir dos 18, não é? Antes disso é crime”). Apenas adianta que mora em São Paulo, mas não na Mooca, tradicional bairro italiano da capital paulista. “Trabalho com algo que não tem nada a ver com artes e creio que no dia em que meu chefe descobrir a @nairbello vou precisar pedir para os fãs do perfil me ajudarem a encontrar uma nova ocupação”, brinca.

Confira abaixo a divertida entrevista que @nairbello concedeu ao Virgula.

Oi, “Nair”. Tudo bem?
Não entendi porque colocou meu nome entre aspas! Ma che! Você é daquele tipo de pessoa que não sabe usar as aspas e as usa em frases inadequadas, sempre usando os dedos no ar para acompanhar a palavra? Ai, ai... O Domecq acabou e estou bebendo Vermute. Isso não me faz bem e estou um pouco agressiva, bambino, mas não ligue.

Como é a sua rotina?
Acordo e vou brincar com meus papagaios, arara, calopsita e tucano. Canto com eles, faço caretas, bato palmas... Eles me odeiam e normalmente me bicam. Em seguida tomo o primeiro drink da manhã e leio o jornal. Anoto as coisas que mais gosto para comentar depois no Twitter. Normalmente leio o obituário primeiro e ligo para alguma amiga para comentar. Na minha idade a gente sempre conhece alguém que morreu.

Depois o dia passa e eu entro no computador, faço as cruzadinhas da (revista) Caras, vejo o Datena... Essas coisas que todo mundo faz.

Sente falta de fazer novelas?
Eu acho que já contribuí bastante como atriz.

Como é ser considerada uma crítica do Big Brother Brasil?
Eu sou? Achei que fosse apenas humorista, como o Zina do Pânico. Quando eu for presa espero que não digam que eu tenho alguma deficiência sem ser o alcoolismo e a calvície.

Qual o seu tuiteiro predileto?
@meumundocaiu (perfil fake da cantora Maísa) é quem mora no meu coração. Ela tem um humor mordaz e ao mesmo tempo é carinhosa. Acompanho vários tuiteiros. Adoro fazer amizade e volta e meia vou para a fila do banco apenas para conversar.

Quem é a Dayana que você tanto cita no Twitter? Suas amigas Hebe e Lolita Rodrigues não morrem de inveja dela?
Dayana é minha secretária do lar, bello. É ela quem faz as compras e não deixa faltar o Domecq. Na minha idade é tudo muito cansativo e eu prefiro ficar sentada a pegar a fila dos idosos no mercado. Normalmente eles soltam muitos puns e aquela fila fica dificílima de aguentar. Cáspita!
Hebe e Lolita são as pessoas mais maravilhosas do mundo e não sentem inveja, ira, luxúria, preguiça, gula, mestre e dunga. Nenhum dos sete pecados capitais. Um bacio da Nonna para elas!

Já ganhou algum dinheiro tuitando?
Fico muito feliz de ver as pessoas lembrando de mim, comentando a meu respeito e fazendo minha memória permanecer entre os jovens. Viva Nair Bello! Ganho meu dinheiro por outros meios, como o bingo clandestino, por exemplo.

Como foi o seu carnaval?
Estive no Rio para aproveitar com as amigas as festas na Praça do Lido e os bailes da saudade da Urca. Infelizmente proibiram de fazer xixi na rua e uma amiga minha de 74 anos foi presa. Ma che! Você acha isso correto?

* Matéria publicada no Virgula