7 de fev de 2009

De Serrana para o mundo

PS: A preguiça, somada ao cansaço, fez-me esquecer de publicar uma entrevista que fiz com a dupla Valmir e Josy, no começo de janeiro. Foi a primeira da vida deles e ficou muito engraçada. Daí eu vi ontem, na home da Globo.com, uma entrevista com os dois que deu um puta repercussão.... Toma,Gustavo!


Eles estão na flor da adolescência. Moram numa pequena cidade do interior paulista com menos de 40 mil habitantes e são famosos na redondeza por serem bons de dança. Muito bons, aliás. Em disputas realizadas entre as escolas do município de Serrana, os dois não perdem uma.

O repertório da dupla é básico: coreografias inventadas para músicas de Britney Spears. Mas, sabe como é... Serrana um dia ficou pequena demais para Josiane Sartori, de 16 anos, e Valmir Junior, de 15. Então com uma máquina fotográfica na mão (emprestada, diga-se), nenhum dinheiro no bolso e uma baita criatividade na cabeça, eles criaram vídeos para o que seriam clipes de Miss Spears sem o tradicional orçamento milionário.

O resultado final é um barato e lembra os filmes "sweded" do longa Rebobine, Por Favor, de Michel Gondry. Se no vídeo oficial de Womanizer a cantora atua em uma sauna esfumaçada, Valmir e Josy dão um jeito no chuveiro. Se em Circus Britney canta num circo, com direito a chuva de fogos de artificício, Valmir e Josy novamente improvisam. Pegam emprestado o teatro da cidade e compram papel picado na loja da esquina para criarem o chuvisco fictício.

Tudo pode ser visto no blog www.valmirejosy.blogspot.com. Além dos vídeos, Valmir e Josy mostram fotos das gravações, narram os bastidores e comentam planos para o futuro. Tímidos, eles não são de falar muito. Também, essa foi a primeira entrevista deles. "Esperamos que seja a primeira de muitas. Seria mara!", torce Valmir.

Como vocês se conheceram?

VALMIR - A gente se conheceu na escola, em 2005, quando íamos fazer uma peça de teatro sobre o Harry Potter. Tinha uma turma da escola fã deles... Eu fiz o Harry.
JOSY -E nos tornamos muito amigos. Como ele sempre gostou de Britney, começou a me viciar nas músicas dela. Ele, desde que eu me lembro, fica horas na frente do DVD decorando os passos de dança dela!
V - Sim, sim. Sei várias coreografias dela, de Oops! I Did it Again até Circus. Aí, quando a gente tá junto, ficamos ensaiando para dançar em escolas ou apenas por diversão.

E vocês fazem sucesso na escola?

J - Opaaa! O pessoal da minha escola sempre adorou me ver dançando. E da escola do Valmir também. A gente dançou várias coreografias no palco e no pátio da escola dele.
V - Mas só dançava em casa antes. Até que um dia me desafiaram!

Como assim?


V - É disputa da dança. Eu contra um menino da escola que falava que também dançava. Daí, mais tarde, eu e a Josy demos início a uma mini tour!

Como assim??

J - É maneira de dizer. Explica aí, Valmir!
V - Eu, a Josy e mais um amigo, o Hiago, ensaiamos três danças para músicas da Britney e apresentamos pelas escolas daqui, coisa pequena. Era Gimme More, I'm Slave 4 U e Womanizer. Primeiro, foi I'm Slave 4 You no (colégio) Elefantão. Depois a gente dançou essas outras músicas no (colégio) Maria Celina. Mas só eu e a Josy entrávamos em Womanizer, porque nosso clipe já tava com fama na escola.



Como veio a idéia de gravar os clipes?

V - Foi minha, eu tenho essas experiências faz tempo, já fazia clipes por diversão.
J - Aí um dia ele me ligou me chamando para fazer o Womanizer. E eu ri muito com a idéia de eu ser "a mulherenga". Mas topei numa boa. Nunca imaginei que iríamos chegar até mil visualizações, quanto mais 50 mil!


Falando em Womanizer, de quem foi a idéia genial da cena do chuveiro?


V - Também foi minha!
J - Eu achei ótimo. Estava um calor dos infernos naquele dia! (risos)

Quem bola as coreografias, as cenas e faz os cenários?


V - Os roteiros e a direção são comigo. Já as coreografias somos nós dois. O cenário de Womanizer foi na minha casa.

Circus, por outro lado, foi megaproduzido, gravado até em teatro. Quem os ajuda nas gravações dos clipes?

V - Ah, todo mundo. Faço teatro, então vários amigos nos ajudam. Os vestidos são a Josy que faz, mas quase tudo é nosso mesmo. Levamos várias malas de roupas para gravar Circus, foi uma bagunça só!
J - Tenho até maquiador!


E vocês pagam de seus próprios bolsos para fazerem as gravações?

V - É tudo emprestado ou nosso. A câmera do primeiro vídeo era de um amigo, mas depois comprei uma máquina fotográfica. Em Circus só gastamos dinheiro nas bexigas usadas para fazer o cenário. O resto é tudo na amizade mesmo.
J - Nós fazemos tudo, mas muita gente nos ajuda por achar nosso trabalho divertido.

Já são reconhecidos nas ruas de Serrana?


V - Fui reconhecido numa quermesse! Um cara chegou para mim e disse: "Olha o cara do Womanizer!" (risos)
J - Na escola todo mundo conhece a gente. Recebemos muitas criticas, até negativas, falando que não gostam das nossas danças, que somos ridículos... O Valdir gosta de ler isso, eu não. Mas já recebemos vários elogios de pessoas de vários países e até algumas propostas.

Que propostas?

V - Ah, de gente querendo dirigir nossos próximos clipes, coisas assim.

A mulherada ou a rapaziada de Serrana andam caindo em cima de vocês depois de tanto sucesso?

J - No meu caso, mulherada não, ainda bem!
V - Comigo caem os dois! (risos)


Nenhum comentário: