1 de nov de 2008

'Apenas fazemos legendas'

Na matéria que eu fiz abaixo, minha grande fonte foi a Tata, a administradora do site Legendas.TV, o principal portal brasileiro de legendas de internet para seriados e filmes. Tata também toca o Psicopatas, grupo de legendagem que rendeu um post bem comentado há algumas semanas.

A conversa que eu tive com essa carioca de 33 anos foi tão boa que durou um bocado de horas. Pena que o espaço no jornal é muito enxuto e não pude mostrar todo o conhecimento da moça. Por isso a escolhi para ser a "Entrevista de Sábado" desta vez.

Então Tata, fala um pouco do grupo. Qual seu cargo, quanto tempo ele tem...
A equipe tem quase dois anos. Começamos a legendar Dexter, após o site Lost Brasil ter problemas com a ADEPI (Associação de Defesa da Propriedade IntelectuaL). Nos reunimos em uma comunidade no Orkut. Nesse tempo, muita gente passou pela equipe, mas hoje ela tem basicamente seis membros fixos. Legendamos Lost, Dexter e Frango Robô. Dizem que eu sou a "chefe" porque organizo quem vai ajudar em cada episódio, faço a "chamada" para ver quem vai legendar o próximo episódio, organizo os trabalhos durante a legenda. Além disso, traduzo, ajusto sincronia e faço a revisão. No legendas.tv é regra que não exista duas equipes legendando a mesma série. Falando como administradora do site, todas as equipes têm a mesma importância, porque todas as séries têm fãs. Não podemos fazer distinção de uma equipe que traduz monstros de downloads, como Lost e Heroes, da equipe que traduz uma série com 30 downloads. Não é justo para quem traduz, pois o trabalho em legendar é exatamente o mesmo.

E como você avalia a importância do trabalho de vocês?
A maioria das pessoas que faz uso das nossas legendas não conseguiria acompanhar a série sem legendas em português. Através do nosso trabalho a gente proporciona que um grande número de pessoas possa assistir a série ao mesmo tempo que é exibida nos States. Além disso, acredito que as pessoas confiam realmente no que está escrito, porque com o tempo e com todo o trabalho que temos, ganhamos respeito e credibilidade por quem assiste a série e também na própria scene de legenders. A gente se diverte um bocado fazendo as legendas, mesmo sendo MUITO estressante pela cobrança em postar cada vez mais com rapidez.

E você considera suas legendas melhores do que as oficiais?
Considero melhor, sim. As duas têm erros, mas, por exemplo: Lost é postada em média cinco horas depois da exibição nos States e Dexter em média 36 horas após a exibição. Fazemos a sincronia do zero, começamos a traduzir do áudio e muitas vezes somente após o lançamento que é feita a revisão com legendas em inglês (no caso de Lost). Quem faz legenda "profissional/oficial", além de ter formação específica possui um tempo infinitamente superior para fazer as legendas. A obrigação da legenda dita oficial seria a perfeição, o que para nós, embora seja um objetivo, sabemos que sempre haverá algum detalhe que acaba passando pela revisão.

A legenda de vocês é mais fiel é ao roteiro original? Pegando como caso a Deb, de Dexter: vocês realmente devem ter trabalho na hora de traduzir os palavrões dela, assim como as piadas cheias de referências culturais do Sawyer (Lost)
Acredito que sim, porque não precisamos censurar e medir o que está sendo escrito como acontece na TV. O intuito é ser fiel ao personagem e não descaracterizar o mesmo. A Debra é desbocada e isso faz parte da personagem que ela interpreta. Editar o que ela diz para que crianças possam assistir não é nosso objetivo. Nosso objetivo é ser fiel o máximo que der, mesmo quando precisamos adaptar alguma piada ou termo para o português. O Sawyer também é complicado de legendar, primeiro pelo sotaque do sul e segundo pelos inúmeros apelidos e piadinhas que ele faz. Mas acredito que, também com esse personagem, alcançamos o objetivo de ser fiel ao que é dito.

Uma curiosidade que eu vejo bastante em legendas de internet. Às vezes um personagem fala: "Quero tomar um bloody marry", daí vocês colocam do lado do nome do drink um "suco de tomate". Por que fazem isso?
Sempre que é possível trazer para o português, fazemos a adaptação. Nesse último episódio de Dexter, o Miguel Prado o convida para comer um medianoche. Colocar isso na legenda é deixar um vácuo para que as pessoas não entendessem que, na verdade, medianoche é um sanduíche típico cubano, similar ao nosso misto quente. Ao mesmo tempo, na legenda do primeiro episódio dessa temporada a Debra pede um suco de cranberry, que embora possua tradução no Brasil (oxicoco), preferimos deixar o termo original por ser mais difundido e de mais fácil assimilação.

E como é tomada essa decisão? Vide o impagável "bocetuda" de Dexter
A decisão é feita entre os revisores do que seria mais fiel ao que realmente é dito procurando adaptar sem distorcer o significado concreto. O bocetuda foi uma brincadeira da Tieli que surgiu durante a revisão e que acabamos por concordar em deixar na legenda por caber tão bem no diálogo entre os personagens.

Pergunta clássica: você considera pirataria o trabalho de vocês?
Pessoalmente, acredito que não. É difícil falar sobre isso, porque não sei realmente se as legendas amadoras prejudicam os canais originais, canais fechados no Brasil e quem vende os DVDs originais. Sei que nossa intenção não é prejudicar ninguém, muito pelo contrário. Além disso, tem lugar pra todo mundo. Não é porque alguém faz download de legendas que deixará de assinar um canal pago. E hoje em dia só compra DVD e CD quem é MUITO fã, principalmente por causa do preço. A única certeza que tenho é: ninguém da scene e do legendas.tv ganha R$ 1 com as legendas que são feitas. Não comercializamos DVDs. Apenas fazemos as legendas.

Nenhum comentário: