22 de out de 2008

No Estadinhon

LOBO MAU VIRTUAL

O espevitado Lucas Martins de Macedo Gagliano, de 6 anos, porque ele não deve
clicar em links estranhos quando está sedivertindo em sites de jogos online. “Porque pode ser vírus e explodir o computador!” O.k., Lucas é um pouquinho exagerado. Mas tem razão:vírus realmente é algo prejudicial ao computador. Ele pode apagar documentos, fazer com que programas não funcionem direito e trazer para a máquina um monte de probleminhas irritantes que, com certeza, irão deixar os pais bem bravos.

Aprender a usar a internet com segurança, como diria o Professor Tibúrcio, é algo muuuito importante. Sabe por quê? Porque essa é a melhor maneira de aproveitar todas as enormes oportunidades que ela tem a oferecer. E são muitas!Basta nós criarmos um e-mail, um perfil no orkut ou um cadastro no MSN Messenger para ficarmos malucos! Rapidamente ganhamos vários amigos virtuais, criamos fotolog, baixamos músicas e nos cadastramos em diversos sites para receber uma enxurrada de notícias fresquinhas, como os últimos brinquedos de uma loja “x”.

É no meio de todo esse “téc, téc,téc”que existe um grande perigo: a gente fica tão entretido nesse mundo virtual que esquece dos perigos que podem existir nele. Quer uma prova?Uma pesquisa recente feita pela Organização Não Governamental (ONG) Safernet e pelo Ministério Público Federal mostrou que 53% das crianças e jovens brasileiros já tiveram contato na internet com conteúdos agressivos e considerados impróprios para sua idade.

Oque seria isso?Um site perigoso, vídeos e imagens inapropriados... O próprio Lucas, que sabe tudo de vírus, é um exemplo.Sua mãe, a jornalista Leonor Macedo, descobriu que ele fez algumas pesquisas no Google e acabou visitando sites não muito legais para um menino de quase 7
anos. E que tinham vírus! Zelosa, Leonor colocou no seu micro um programinha chamado parental control, um filtro de conteúdo, que impedirá Lucas de entrar em páginas perigosas.

Leonor tomou essa decisão após conversar com seu filhote. E podem anotar: a melhor maneira de alertar e conscientizar a criançada sobre os perigos da internet é a boa e velha conversa com os pais. Que o diga a Anna Chiara, de 8 anos. Assim como Lucas, ela adora jogar games no seu computador (em especial do www.girlsgogames.com.br) e visitar o YouTube atrásde vídeos do High School Musical e da Avril Lavigne. Sua mãe, a escritora Alessandra Siedschlag, deixou que a filha criasse um perfil no orkut após um bom bate-papo, e fez algumas restrições.

Chiara não colocou nenhuma informação pessoal, como seu sobrenome, onde mora, idade ou o nome de seu colégio. Suas fotos e recados só podem ser vistos por seus amigos. Aliás, ela só autoriza nomes conhecidos na lista de amigos. Desconfiou? Bloqueia na hora. “Não posso falar com estranhos”, diz Chiara, seguindo aquele ensinamento clássico dos pais. “Já teve até amiga minha que ela não lembrava quem era e depois bloqueou”, ri Alessandra.


Calma, muita calma...

Se seus pais não permitem que você crie uma conta no orkut, não fique chateado (ou rebelde). Lembre-se: tudo tem o seu tempo. A internet é uma ferramenta muito legal e revolucionária, mas é preciso saber utilizá-la. Lucas e Chiara ainda não têm seus próprios MSN, mas utilizam os de seus pais e avós para conversarem com suas famílias. Por mais chato que pareça ter sempre um adulto por perto ou não poder usar a internet livremente, essa foi a melhor forma de eles ganharem a confiança de papai e mamãe. Sabendo o que o filho faz na internet, eles se sentirão mais seguros e deixarão, aos pouquinhos, que você se aventure mais e mais por esse mundo virtual. Mas sempre com segurança.

TÉC, TÉC SEGURO -
Você sabia que as dicas de seguranças do mundo real também valem para o virtual? Veja só:


Não converse com estranhos
Alguém que você não conhece o adicionou no orkut? Um desconhecido começou a puxar papo com você pelo MSN? Ignore!

Não publique informações pessoais
Seus pais não o ensinaram que não se deve sair por aí dizendo onde você mora, onde estuda, ou o nome de seus irmãos? Na web é a mesma coisa.

Não aceite nada de desconhecidos
Ume-mail pede que você clique em um link para ganhar um iPhone? Um estranho lhe manda um arquivo com as (supostas) fotos do High School Musical? Não aceite nada, pode ser vírus!

Peça ajuda aos mais velhos
Está querendo comprar algo pela internet ou quer criar um blog? Não faça nada sozinho. Peça sempre o conselho de seus pais ou irmãos mais velhos.

Nenhum comentário: