27 de abr de 2008

Inagaki, o pensador
Sim, eu sei que hoje é domingo, mas irei postar agora o "Entrevista de Sábado". O convidado desta semana é outro blogueiro: Alexandre Inagaki, do famosão Pensar Enlouquece, Pense Nisso, onde bate o cartão desde 2001. Esse jornalista de 34 anos é muito respeitado entre os "blogueiros das antigas" e os da "nova geração". Ele é meio que um Jorge Ben Jor da blogosfera, que era um dos poucos músicos que podia circular livremente entre a Bossa Nova e a Jovem Guarda.

Há hoje uma rixa entre os blogueiros mais antigos e os mais novos?
Eu não acho que esteja havendo esse conflito. Sou totalmente integrado a geração que começou a escrever em 2001 e com essa galera que participa de BlocCamp, curte monetização e esses outros papos modorrentos. Do meu lado não vejo nóia. A evolução que teve mesmo nesses anps foi a profissionalização dos blogs no Brasil, o fato que agora você realmente consegue ganhar dinheiro diretamente com blogs. Eu escrevi um FAC basicão sobre isso há uns anos e via nisso algo totalmente utópico. Para mim, acho que a grande forma de monetização são as oportunidades que você consegue através dos blogs. A Daniela Abade, que era blogueira, estava procurando uma editora para publicar um livro, e quem o editou foi outra blogueira, a Alessandra Félix, que possuia uma editora. Há sim um embate de quem diz que o blog perdeu sua natureza de publicar o que dá na telha, mas hoje eu ainda escrevo com a mesma periodicidade e da mesma maneira de sempre.

E o que o seu blog já lhe deu?
Peguei muita mulher com o blog (risos) e emprego. Comecei a trabalhar com publicidade após um leitor me chamar para ser um consultor de sua empresa. Ele queria saber trabalhar com a internet e acabei virando um RP dele.

O blogueiro brasileiro tem alguma peculiaridade?
Eu sentia muita diferença da blogosfera brasileira para a de Portugal. Lá o blog surgiu um ano depois daqui, e, curiosamente, os blogs foram mais bem recebidos pela mídia tradicional de lá do que aqui. Teve um deputado de lá que criou um blog que fez com que todos os jornais e revistas escrevessem sobre ele. Lá a coisa foi levada a sério primeiro, haviam encontros universitarios, estudos acadêmicos. Aqui, só de três anos para cá que isso aconteceu aqui. O boom daqui aconteceu com a publicidade de posts pagos e a utilização dos blogs para gerarem marketings virais.

Falta ambição para a gente?

Eu concordo com o fato de que os blogs no Brasil não têm muita ambição. O único blog de política no Brasil que teve alguma repercussão e não era de jornalista foi o Vizinho do Jeférson. Eu tenho a impressão que os blogueiros necessitam de algumas lições de jornalismo: como pegar uma fonte, como apurar informações, como fazer uma entrevista. Assim como todo jornalista deveria ter umas aulas de como blogar. Se eu pego os blogs de grandes portais, ele só linkam os blogs uns dos outros. Eu acho que há esse defeito. O blog tá se transformando em um lago meio estanque, você não consegue navegar pelo restante da blogosfera. Acho que os jornais ainda não entenderam a natureza da blogosfera.

Mas isso não rola também entre os blogueiros? Muitos trocam links apenas por interesses do tipo: fulano tem muito acesso e, se eu linkar o blog dele, vai render mais visitas para mim
Isso é meio retrato de uma geração. As pessoas estão sem ideologia e são individualistas. Muitos blogueiros não linkam alguém sem um interesse por tras. Importa se ele vai me render mais visitas, não se ele é interessante. Isso é totalmente de uma geração que prefere votar nulo e tem orgulho de dizer que não se interessa por politica. Blogosfera é muito variado. Cito 6 ou 7 casos de blogueiros que vão no contramão dessa tendência. Esses blogs rcentes de humor e de entretenimento são os mais acessados, mas se você quiser ler algo mais denso você encontra na blogosfera. Isos sempre teve, desde os seus primórdios. Sempre houve blogs descompromissados e gente mais politizada. Com o aumento da internet no Brasil você encontra mais esses blogs mercantilistas, mas sempre haverá a variedade.

Você é um dos sócios da Blog Content, uma agência de consultoria para grandes empresas e marcas que desejam trabalhar com blogs. Com que ela funciona? O site de vocês não tem informação alguma.
A Blog Content surgiu devido à tremenda demanda que agências, empresas e grandes portais. que não sabem o que fazer com essa nova mídia. Pelo fato de eu e meus sócios já termos esse traquejo, de blogueiros que levam a sério o blog até com ambições profissionais e conhecemos profundamento a blogosfera desde os seus primóridos, a gente consegue fazer esse trânsito entre a molecada e o que o mercado quer. Não tá dando tempo de atualizar a página e nem estamos correndo atrás de cliente, tamanho o número de pessoas que nos consulta. É desde como criar um blog corporativo, como criar uma campanha receita que funcione sem recorrer a post pagos..

Como diria o Mr.Manson, já chegou a hora do blog virar mídia?
Olha, não sei como ficará a economia mundial com essa iminente quebra dos EUA, mas o fato é que a internet já conquistou uma certa fatia da audiência, as novas gerações já nascem conectadas. A tendência a curto e médio prazo é que cada vez mais as verbas publicitrias migrem para a internet. Mas se o blog vai ser a mídia? Temos videocasta e podcasts que ja substituem em parte o papel do blog atualmente.

Nenhum comentário: