6 de nov de 2007

Acabo de voltar da Argentina (to chique, benhê!) com uma gripe desgraçada. Preferi ficar um pouco por fora do que estava acontecendo por aqui e, ao chegar, leio duas notícias que merecem um post.

1) - Brasil vai sediar a Copa de 2014

É... Tipo, alguém não sabia? Há algumas semanas e realizei o sonho de ver um jogo do Flamengo no Maracanã, e na entrada do estádio tinha um outdoor assim: “Novo Maracanã, futuro palco da final da Copa de 2014”. Beleza, né?

E, realmente, o Estádio Mário Filho está bem bonito e apresentável. Eu assisti à partida das numeradas inferiores, onde antes ficava a Geral, com aqueles torcedores bizarros e que iam fantasiados para aparecer na Globo. Agora, meu amigo, lá tem cadeiras de plástico, com encosto, uma maravilha. Mas de nada adianta fazer isso, se o torcedor brasileiro ainda se comporta como se estivesse na arquibancada de cimento. Com a reforma do Maracanã, o campo foi meio que rebaixado, então dá para ver legal o jogo de qualquer lugar que você estiver – mesmo sentado. Falta explicar isso para a galera, que insistia em ver a peleja de pé, em cima das cadeiras!

Além de desconfortável, é apertado, mas ninguém parecia se importar com isso. Tive de ver a partida em pé, na escadaria. É mole?

2) - Marido de Susana Vieira pode perder o dedo

O.K., a Susana Vieira e seu marido só geram notícia bizarra. Primeiro, o cara pega uma garota de programa, leva para o motel, arrepende-se e quebra o quarto. Depois fala que teve um surto psicótico e não lembra de nada. Nessa, a Susana posa de coitada na Caras, enquanto o maridon está na rehab. Aí ele é liberado e sabe o que faz para reatar o casório? Tatua o rosto da esposa na barriga! E toca todas as revistas de celebridades mostrando o casal bonito na praia: ele exibindo um rosto bizarro na pança e ela exibindo seu abdômen lipoaspirado, cujo umbigo já está na traquéia.

E você acha que não poderia ficar mais tosco? Nãããõoo. O pastor-alemão dos dois é atropelado, ele vai salvar o coitado, leva uma mordida e deve perder um dedo da mão.

Pô, isso que eu chamo de macumba das bravas. O cara traiu a mulher e, sei lá, podia ficar brocha. Agora, perder o cachorro e, ainda por cima, um dedo, é muita sacanagem...

Nenhum comentário: