2 de fev de 2006

De passagem

Pois é, amiguinhos, faz tempo que não mostro a cara por estas bandas. Vocês ainda lembram qual é o meu nome? O negócio é que trabalhar consome muito o meu tempo, e aos poucos estou percebendo que sou um maldito workaholic em potencial, do tipo que em dia de fechamento tem problemas estomacais e dor de cabeça, e que fica pensando em trabalho até quando está de folga. Não dou dez anos para eu "ganhar" uma úlcera, vinte para um tumor no cérebro e vinte e cinco para um derrame.

Brincadeiras à parte - ou não - eu volto logo. Agora que a escrita se tornou o meu ganha pão, fica difícil eu arranjar paciência para escrever gratuitamente. Acho que meu cérebro e meus dedos ficaram folgados. Só funcionam sabendo que estou sendo pago, caso contrário eles fazem greve. Uma merda, digamos. Blogueiro que posta quase todo dia é um ser vagabundo, e isso é fato.

E torçam para este blog não acabar em diarinho. Tenho mais vontade em relatar a minha vida do que elaborar uma crônica miraculosa que fará pipocar essa caixa de comentários. Enfim, volto neste final de semana.

OBS: Alguém além de mim torceu contra a indicação de 2 Filhos de Francisco? Pô, imaginem agüentar aquele mala do Zezé di Camargo se o filme da vida dele entra no Oscar? Não sou antipatriota, mas que sequei a película de Breno Silveira, ah, isso eu fiz.

Nenhum comentário: