10 de jun de 2005

Ato de repúdio contra a mercantilização do The Killers


Dói-me o coração saber que o The Killers toca na Jovem Pan, que virou ringtone, e até se tornou "a banda do mês" da Rádio Rock, há alguns meses. Agora todos conhecem a banda, o CD está em promoção nas Lojas Americanas, perdeu-se o gostinho de "só eu conheço eles". Tenho vontade de espancar a anta que achou que "Somebody Told Me" poderia ser um smash hit nacional. Morra, ser humano do inferno!

Para piorar ainda mais a reputação, outro dia estava eu a xeretar a coisas da irmã da Irena, e eis que vejo "Somebody Told Me" em sua lista de músicas a serem baixadas no Kazaa (ela tem 16 anos e adora baladinhas que tocam na Pan ). Depois dessa, aí que avacalhou tudo, não há chance de recuperação emocional por minha parte. Repito novamente: isso me dói o coração.

Gente, é sério! Estou ficando deprimido. Fecho os olhos e vejo o The Killers vindo tocar em nosso país varonil. Só de pensar em ver aquelas garotinhas de 14 anos, com a camiseta da banda e dizendo: "Ai, eu sou fã deles há séculos!", me deixa louco! Pior, só se virar parte da trilha sonora da Malhação, sendo a canção da Jaque ou do Cabeção. É de morrer! Daí os garotos da high-society vão começar a copiar o estilo do The Killers. Os mesmos cortes de cabelo, a aparência sujinha... Vão aprender a tocar no violão "Somebody Told Me" para pegar as menininhas nas rodinhas de viola. Ninguém mais vai dizer: "Toca Pais e Filhos!". As pessoas gritarão: "Toca Somebody Told Me!".

E, seguindo a ordem das conseqüências, visualizo aquela Vj da MTV - aquela loira chester (osso e peito) de voz anasalada e vesga que ganhou um concurso há pouco tempo - anunciando para milhares de televisores: "E agora, em primeiro lugar pela quarta semana consecutiva, os meninos do The Killers...". Depois, alguma dupla sertaneja vai fazer uma bela tradução da música, ela vai tocar na Rádio Nativa e será coreografada pelas dançarinas do Faustão. Se piorar estraga, não é mesmo?

Olha, eu ainda me considero um privilegiado. Sorte a minha de que eu nunca fui um grande admirador do Nightwish...

Nenhum comentário: