13 de ago de 2008

Vai, Linha Verde!


Estou acompanhando com grande entusiasmo as provas de natação da Olimpíada de Pequim. Principalmente aquelas em que o über Michael Phelps compete. Ou seja, todas.

O cara não apenas fatura todas as provas, como trucida os recordes mundiais. Isso me deixa bem triste, pois descobri que meu nadador predileto é justamente aquela LINHA VERDE que aparece na televisão, representando o tempo do recorde mundial.

Peguei-me torcendo muito por ela ontem à noite. Com alguns nadadores ela é imperdoável: vai ficando lááá para trás, mas, nos últimos 30 metros, dá um sprint e vence a prova com classe. Já com Phelps não tem jeito mesmo. A coitada não ganha uma. Pior que ela deve ter cansado depois de tantas provas, pois do que já tem de nadador superando-a...

Nas Olimpíadas, sempre torço para os mais fracos. E em Pequim achei o meu atleta que se encaixa muito bem nessa categoria: a Linha Verde da natação.

Nenhum comentário: