1 de jul de 2008

Milagreiros

Segundo os amantes do futebol, a maior defesa (de um goleiro) da história foi a protagonizada pelo arqueiro inglês Gordon Banks, na Copa de 1970. O lance todo mundo já viu: Jairzinho escapa pela direita e cruza, na medida, para Pelé. O camisa 10 dá uma baita impulsão e, como um Bem-te-vi, paira no ar e cabeceia do jeito que todo treinador de futebol ensina: para o chão.

O lance é plasticamente muito bonito, ainda mais pelo vôo de Banks, que dá um tapa e joga a bola para escanteio. Mas convenhamos que ele tem toda a mística de ter sido protagonizado pelo Pelé, na Copa de 70, pela seleção do tricampeonato... Foi um time que encantou todo o mundo. Tanto, que as cenas mais famosas dessa copa (e da própria seleção) são justamente os "gols que o Pelé não fez": o já citado cabeceio, o drible da vaca no goleiro uruguaio e o chute do meio de campo que foi para fora (não achei o vídeo desse momento isolado).

Mas, na minha opinião, a defesa mais impressionante de todos os tempos foi a feita pelo uruguaio Rodolfo Rodríguez, quando então defendia o Santos. No Campeonato Paulista de 1984, ele fez um lance de 5 defesas seguidas brilhantes, contra o São José do Rio Preto. Lembro que essa cena aparecia direto naquele programa da TV Bandeirantes que mostrava momentos históricos do futebol, o Show do Esporte.

Vejam o maior exemplo do que é agilidade e reflexo em ação:



Fiz esse post graças a um vídeo que me mandaram, agora pouco que mostra um goleiro fazendo uma seqüência de quatro baita defesas em uma cobrança de pênalti (uma delas parece que foi o zagueiro que cortou, diga-se). Lembra muito o lance do Rodríguez. Não sei de que jogo se trata, apesar de parecer ser de algum campeonato brasileiro, graças aos comentários dos torcedores na arquibancada. Um dos uniformes parece ser o do Atlético Paranaense, então chuto que pode ser de um jogo de juniores.

Assistam e comparem:



OBS: Durante a pesquisa, achei esse milagre do francês Gregory Coupet em uma partida Lyon x Barcelona. Estou pensando seriamente em mudar a minha opinião!

Nenhum comentário: