13 de jan de 2008

Carnaval paulistano = suco de caixinha

Sabe uma coisa que eu não entendo no carnaval paulistano? É que todo ano eu escuto, da boca de jornalistas e carnavalescos, que ele está cada vez mais igual ao carnaval carioca.

É sempre uma história de que antes ele era patinho feio, renegado. Mas, agora, musas do calibre de Solange Gomes e Renata Banhara desfilam por aqui, sambistas cariocas da antiga compõem o samba-enredo destas bandas. Aí vem o repórter e faz a pergunta:

- Como você avaliou o carnaval paulistano deste ano?
- Ah, uma maravilha! Olha, vou te dizer: o carnaval de São Paulo está cada ano melhor e mais parecido com o carnaval do Rio.

Pergunto: quando seremos iguais ou melhores que os cariocas? Nunca, né? Faz 20 anos que eu escuto esta ladainha.

Isso me lembra uma vez um trecho de stand-up do Seinfeld (ou do Letterman?), que reclamava dos sucos de caixinha. O texto falava do fato que a cada nova embalagem ou versão de um suco de caixinha, sempre vem escrito na embalagem do produto: "agora com o sabor ainda mais próximo do suco natural".

- Por que raios eles não colocam de uma vez o suco natural?! , reclama o comediante.

Entenderam o meu ponto de vista?

Nenhum comentário: